Sistema distribuído pela SITECH oferece 25% a mais de produtividade

Sistema distribuído pela SITECH oferece 25% a mais de produtividade

Inovadora e moderna, tecnologia também proporciona redução do consumo de combustível de equipamentos

 

Atualmente, as empresas que trabalham com equipamentos de linha amarela buscam tecnologias eficientes para melhorar o desempenho e elevar o nível de precisão das obras. Uma dessas inovações é o GPS, que oferece exatidão e agilidade em qualquer operação. Produtora e detentora das patentes de produtos de alta tecnologia para máquinas, a companhia norte-americana Trimble apresenta uma novidade que utiliza justamente as vantagens do GPS.

 

Projetado para melhorar o gerenciamento do trabalho e eliminar o tempo de inatividade, o Trimble Earthworks é uma ferramenta georreferenciada que fica acoplada nas Escavadeiras. Por meio do GPS, garante que a escavação seja posicionada e realizada conforme o projeto. Vale lembrar que o trabalho é feito em 3D, também inserido na máquina, já que guia o implemento do equipamento em relação ao que precisa ser feito.

 

“Ele está sendo lançado no Brasil e ao redor do mundo e é instalado dentro da cabine, viabilizando que a operação seja feita por meio do tablet, o que deixa a escavadeira semiautônoma. Diante disso, diminui a ineficiência e reduz problemas de precisão durante qualquer trabalho de escavação”, explica Marx Gutierrez, Gerente de Negócios da SITECH, empresa do Grupo Sotreq especializada na distribuição mundial de produtos de tecnologia.

 

Principais vantagens

O Trimble Earthworks permite uma operação mais rápida e otimizada, aumentando 25% na produtividade e economizando tempo e combustível. Além disso, elimina a mão de obra responsável pela medição da escavação, já que o sistema é capaz de calcular a profundidade e a inclinação corretas e de informar quando esses índices são alcançados.

 

Com isso, reduz o retrabalho e aumenta a segurança dos profissionais envolvidos na operação. “Ele pode vir instalado de fábrica ou ser acrescentado em modelos antigos e até de diferentes marcas”, complementa Gutierrez.

 

As máquinas recebem sensores que captam as movimentações do equipamento. Duas antenas GPS são colocadas na parte traseira do equipamento, enquanto um tablet fica dentro da cabine. Há ainda uma estação base GPS que pode ser conectada via sinal de rádio UHF ou de celular.

 

“Para aumentar a precisão, é necessário ter uma base receptora GPS que é estabelecida em um ponto pré-determinado, enquanto o rádio faz a transmissão dos dados para o equipamento. A instalação é feita pelos profissionais da SITECH e, junto com o treinamento, leva em torno de cinco dias para ser concluída ou até que o cliente e os operadores estejam aptos para trabalhar com a ferramenta”, afirma.

 

Trabalho em equipe

O Trimble Earthworks é fruto de uma parceria entre a Caterpillar e a Trimble. “A tecnologia que incorporou os desenhos 3D às máquinas de construção pesada foi desenvolvida nos anos 1990 e teve maior impulso a partir da assinatura da joint-venture entre Trimble e Caterpillar, em 2002. A Caterpillar continua com seu grupo de desenvolvimento próprio, assim como a Trimble. Os sistemas (inclusive os mais recentes) seguem uma mesma tendência, havendo sempre muita cooperação entre as empresas”, conta Franco Brazílio Ramos, Gerente Regional de Contas da Trimble.

 

É importante destacar que esse sistema já pode ser testado na Nova Geração de Escavadeiras Cat®, que conta com os modelos Cat® 320GC, 320 e 323. “Bootcamps são treinamentos práticos, técnicos e de vendas, que realizamos com frequência nos Estados Unidos aos nossos distribuidores SITECH. Recentemente, realizamos no Brasil o nosso primeiro Bootcamp dedicado à América Latina”, comenta Ramos.

 

Ele acredita que a SITECH será o braço de suporte do Trimble Earthworks que está embarcado nas novas Escavadeiras Cat®. “Por isso, é importante que a equipe esteja integrada com a ferramenta para dar o suporte necessário aos clientes”, conclui.