Somov fecha contrato de Empilhadeiras Hyster para o agronegócio

Somov fecha contrato de Empilhadeiras Hyster para o agronegócio

Equipamentos serão utilizados na transferência de caixas de cana-de-açúcar dos tratores reboque para os caminhões canavieiros

 

Fundada em 1931, a Pedra Agroindustrial é uma empresa de agronegócio que tem com principais atividades a produção de etanol, açúcar e energia elétrica a partir da cana-de-açúcar. Com três unidades produtoras no estado de São Paulo (Usina da Pedra, em Serrana; Usina Buriti, em Buritizal e Usina Ipê, em Nova Independência), recentemente adquiriu três Empilhadeiras Hyster H16XM-12 com a Somov.

 

“As empilhadeiras são utilizadas na colheita, mais precisamente na transferência de caixas de cana dos tratores reboque para os caminhões canavieiros, que as transportam para moagem na indústria”, explica Alex Fogaça, Gerente do Departamento de Manutenção Agrícola da empresa.

 

Esse é um trabalho essencial e que exige excelentes equipamentos para que estejam em operação e com alto rendimento. Foi aí que a Somov entrou na jogada.

 

“O modelo H16XM-12 tem capacidade de 16 toneladas. É uma máquina robusta, equipada com motor Cummins industrial de baixa emissão de poluentes e de alto desempenho”, comenta Altair Petito, Consultor de Vendas de Máquinas Hyster.

 

A apresentação do produto foi realizada na Usina da Pedra. “Identificamos o equipamento que atenderia a demanda, porém, em uma demonstração não é apenas isso que conta, precisamos entender as particularidades inerentes dessa operação”, comenta Petito. “Então elaboramos  e oferecemos um  treinamento  para os operadores e aos técnicos de manutenção do cliente, e  acompanhamos a operação e performance da máquina no campo junto aos operadores”. 

 

Para Fogaça, a escolha de um bom fornecedor faz toda diferença para os negócios da empresa. “A Somov representa uma das marcas de empilhadeira que consideramos aptas a nossa atividade”. Segundo o consultor da Somov, 03 equipamentos já foram entregues e os outros dois ficaram para janeiro de 2019.